Quer ter tudo sobre o entretenimento televisivo em suas mãos? Esse blog é um dos melhores lugares

2 de mai de 2014

Entrevista da Vanity Fair com Theo James e Shailene Woodley sobre o filme 'Divergente'


Em entrevista ao site Vanity Fair, Shailene e Theo falaram sobre os desafios físicos exigidos em Divergente e as comparações com outras franquias adolescentes. Leia abaixo a matéria traduzida na íntegra pelo Divergente Brasil.
As estrelas de Divergente Shailene Woodley e Theo James fizeram sucesso na Comic-Con, apresentando uma sequência de cenas de seu filme cheio de adrenalina no Centro de Convenções de San Diego. Mas primeiro, a dupla, que interpreta um casal na adaptação do livro best-selling jovem adulto de Veronica Roth, sentaram com nosso blogueiro para discutir as acrobacias perigosas que eles acabaram de completar no set em Chicago.
Antes da produção começar, os dois atores passaram um mês treinando para os desafios físicos requeridos pela adaptação, que detalha o processo de iniciação esgotante que a personagem de Woodley sofre enquanto ela tenta se juntar ao grupo “Audácia”, em uma sociedade que divide pessoas por seus traços de personalidade. James – o belo ator britânico mais conhecido por nós como Kemal Pamuk, o infeliz diplomata Turco que morreu subitamente no vestiário da Senhora Mary em Downton Abbey – fez muitas das suas cenas de acrobacia, aprendendo um estilo híbrido de luta construído pelos coordenadores de acrobacias do filme e até mesmo machucando severamente um dos dublês.
“Eu tive uma cena de luta, que parecia muito rápida,” ele disse. “Era tipo, seis caras vindo até mim e fazendo várias coisas. E, infelizmente, um dos caras terminou tendo 25 pontos em seu rosto, o que não foi legal e eu me senti muito culpado por causa disso.” Enquanto Woodley não feriu os seis atacantes no set, ela fez o bastante de suas cenas de acrobacia ao ponto de machucar ela mesma. “Eu caí do trem e consegui dois hematomas,” a atriz nomeada ao Globo de Ouro por Os Descendentes lembrou de forma indiferente.
“E um olho roxo,” James a lembrou.


“Eu tentei fazer o máximo possível de cenas de acrobacia que eles me deixavam,” disse Woodley. “Eu fiz a tirolesa, o que foi muito divertido. Eu não consegui fazer toda a distância, mas eu fiz parte dela. Eu estava a tipo, 12 metros de altura sobre as ruas de Chicago. Eu escalei a roda gigante Ferris, [que] não é tão legal quanto parece. Tinha uma escada a mais ou menos 45 degraus, e nós essencialmente apenas subimos ela. Mas era lua cheia, uma super lua, então foi legal.” Quando questionados se a cena da roda gigante Ferris era romântica ao estilo Diário de uma Paixão, Woodley e James riram.
“Nós estavamos fazendo 69 lá no alto,” brincou James.
“Essa foi realmente a cena de acrobacia mais intensa que eu fiz no filme,” ela riu. “Foi muito complicada de executar.”
O casal também nos disse como se sentem sobre todas as comparações com Jogos Vorazes que Divergente já está recebendo e o que, se houver, o público deve esperar quando entrar no cinema.
“Eu não acho que ninguém deva ter expectativas,” Woodley disse. “As pessoas nos comparam com Jogos Vorazes e pensam que é um elogio. Eles fizeram um trabalho incrível. Apesar disso, expectativas sempre acabam com você. Visualizar isso [Divergente] é muito diferente de Jogos Vorazes e outras franquias jovem adulto. Nosso diretor de fotografia realmente criou um mundo novo.”
“E também, quando você ver os trailers e afins, acho que sua pergunta será respondida. É muito diferente e único,” James adicionou, antes de fazer Woodley rir mais uma vez. “Assita – será lençado e é realmente igual a Jogos Vorazes. Uma cópia.”

Fonte: Variety

Tradução : Divergente Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário