Quer ter tudo sobre o entretenimento televisivo em suas mãos? Esse blog é um dos melhores lugares

11 de abr de 2014

Na Globo, atores rejeitam papéis de mocinhos e querem ser vilões


Ser autor de novelas da Globo não é sinônimo de vida fácil. Além de uma ferrenha disputa por elenco, onde cada um quer garantir os melhores da Casa para o seu folhetim, os novelistas agora lidam com uma nova peculiaridade.
Devido à alta popularidade alcançada por muitos dos últimos vilões de novela, a maioria dos atores do primeiro escalão da emissora estaria buscando o papel de bandido, e renegando as figuras do mocinho e da mocinha, considerados fora de moda.
Um exemplo desta nova tendência seria, de acordo com o colunista Flávio Ricco, a escalação de elenco para “Dupla Identidade”, nova série da autora Glória Perez. A produção terá umserial killer como protagonista e, justamente por isso, teria recebido uma enxurrada de pedidos de atores que queriam encarnar o papel, que acabou ficando com Bruno Gagliasso.
Recentemente, mais um nome reforçou o time dos que sonham em ser vilões. A atriz Paolla Oliveira declarou querer viver uma vilã e se livrar da imagem de boa moça cultivada por suas últimas personagens. A nova tendência surgiu com o sucesso de personagens como Carminha (Adriana Esteves) e Félix (Mateus Solano), que se tornaram referenciais de repercussão e aclamação nas ruas.

RD1

Nenhum comentário:

Postar um comentário