Quer ter tudo sobre o entretenimento televisivo em suas mãos? Esse blog é um dos melhores lugares

28 de jun de 2014

Thiago Silva: "Julio falou que pegaria três. Parece que estava escrito"


Entre soluços e lágrimas, os jogadores da Seleção Brasileira usaram todas as palavras que conseguiam juntar para agradecer ao guardião das redes brasileiras. O capitão Thiago Silva lembrou a superação de Julio César desde o momento ruim após a eliminação na Copa do Mundo da África do Sul, em 2010, até a convocação para o Mundial no Brasil.
O camisa 3 citou ainda a segurança do arqueiro antes das cobranças de pênalti, mesmo emocionado:
— Antes dos pênaltis, o Julio falou: cobrem com confiança que eu pego três. Caracara! Parece que estava escrito — revelou.
Julio César não defendeu três — a terceira foi na trave. Mas foi o suficiente para classificar o Brasil para as quartas de final.
— É um momento único em nossas vidas. O Chile é um grande adversário, mas, mesmo na dificuldade, encontramos forças para reverter. Agora faltam três. Vamos trabalhar para ganhar no tempo normal porque, se for nos pênaltis, vamos matar alguém — brincou Thiago Silva.

Outro jogador que se superou para estar em campo e ser determinante na classificação foi o zagueiro David Luiz. Ele, que marcou dois gols — um no tempo normal, outro nas penalidades máximas —, era dúvida até instantes antes da partida com dores nas costas, que sentiu o desconforto justamente em um treinamento de cobranças de pênaltis.
— Todos me deram força, não deixaram ir abaixo. Tratei dois dias seguidos para estar em campo. É um gol que coroa a classificação. Não só pra mim, mas para o grupo — afirmou o camisa 4.

Hulk poderia ter sido outro heróis, pois fez uma de suas melhores partidas e até mesmo um gol, anulado por Howard Webb. Mas se tornou vilão, ao errar no lance do gol de empate chileno e perder sua cobrança de pênalti.


— Jogão, né?! Sabíamos a qualidade do Chile. Concentramos do início ao fim. No lance do gol, dei o passe para o Marcelo, e errei. Também teve um pênalti não marcado, e o gol foi limpo. Dominei no peito e anularam. Mas o mais importante foi a cassificação. Nessas horas é que vemos a força do grupo. O Julio fez defesas maravilhosas. Se Deus quiser, vamos ser campeões — concluiu.

Fonte : Zero Hora Copa 2014



Nenhum comentário:

Postar um comentário