Quer ter tudo sobre o entretenimento televisivo em suas mãos? Esse blog é um dos melhores lugares

18 de mar de 2015

"BBB" perdeu um terço das TVs ligadas desde a primeira edição


O reality show "Big Brother 15" entra na reta final com um ibope relevante (até agora são 23,2 pontos). Esse índice pode, inclusive, ficar acima das duas edições anteriores. No entanto, é inegável que a fórmula esteja se desgastando, e não só em pontos, mas no chamado share -- a porcentagem de participação de um programa no universo de TVs ligadas.

Em 2002, primeira edição do "BBB", o share do reality foi de 58,4% Ou seja, de cada 100 aparelhos de TV ligados na Grande São Paulo, quase 60 estavam vendo o programa global. Já o "BBB15" chega ao fim com share de 40% -- uma perda de um a cada três, em cada dez aparelhos de TV.

Muita gente vai pensar: ah, mas e as milhões de pessoas que agora assinam o pay-per-view? Bem, em primeiro lugar não são milhões, são algumas dezenas de milhares e isso é insuficiente para mudar a realidade: que o BBB perde público a cada ano.

A Globo até o momento não revelou o número de vendas de pacotes "premium" do "BBB" este ano.

Há quem considere que o share seja a melhor forma de se avaliar a perda de audiência de um programa, pois, supostamente, é mais preciso que a variação de pontos. Por exemplo: um ponto de ibope equivale hoje a 67 mil domicílios na Grande São Paulo, mas no ano passado o mesmo ponto valia por 65 mil.

Por isso muitas emissoras (como a Globo) reclamam quando jornalistas publicam comparações, dizendo que seus programas perdem pontos de ibope em determinado período. O argumento (frágil) é que o valor do ponto varia e não pode ser comparado ao longo de anos.

É uma meia verdade. Essa variação não tira o valor do ponto em si.

No entanto, no caso do share não há nenhum eufemismo ou "releitura" que consiga dourar a pílula para os reclamões.

O "BBB" que teve mais share em todos os tempos foi a quinta edição, que teve média de quase 70% de share (sete em cada dez TVs ligadas). Comparado a esse, o atual "BBB" teria uma perda de 42% de TVs sintonizadas.

Ainda assim é uma audiência que todas as concorrentes da Globo olham com bastante inveja. Afinal, nenhuma emissora obtém 40% de share, seja em que programa for.

Mas, para quem já teve 70%...

Veja como foi o share de todas as edições do "BBB":

BBB1 -   58,4%
BBB2 -   58,9%
BBB3 -   58,3%
BBB4 -   66,2%
BBB5 -   68,8%
BBB6 -   63,9%
BBB7 -   60,2%
BBB8 -   55,9%
BBB10 - 48,9%
BBB11 - 41,1%
BBB12 - 42,9%
BBB13 - 40,9%
BBB14 - 39,5%
BBB15 - 40,0% 


Fonte: UOL Entretenimento por Ricardo Feltrin

Nenhum comentário:

Postar um comentário