Quer ter tudo sobre o entretenimento televisivo em suas mãos? Esse blog é um dos melhores lugares

27 de dez de 2012

Sempre igual, especial de Roberto Carlos poderia se chamar "Repetições"

    
De certa forma, é reconfortante ligar a televisão na noite de 25 de dezembro para ouvir Roberto Carlos cantar as músicas de sempre com arranjos quase idênticos, na companhia de “convidados especiais” selecionados entre atores das produções da Globo. É Natal!
Houve, é verdade, uma novidade em 2012. Depois de um par de anos sem apresentar músicas inéditas, o Rei veio com “Esse Cara Sou Eu” e “Furdúncio”, ambas da trilha sonora de “Salve Jorge”.
Sentados na primeira fila, os protagonistas da trama, Rodrigo Lombardi e Nanda Costa, mereceram generosos closes, especialmente o galã, que chorou ao ouvir o grudento tema da novela.
Além deste, houve outros números com sabor de “Vídeo Show”. Primeiro, Roberto recebeu no camarim as atrizes de “Cheias de Charme”, encarnando mais uma vez as empreguetes e a vilã Chayene, mas com texto adaptado de letras de músicas do próprio Rei e dirigido em forma de jogral escolar.
Depois, na companhia de Arlindo Cruz, mas sem a presença de qualquer ator de “Avenida Brasil”, cantou “Meu Lugar”, o “hino” do Divino. E, em dupla com Seu Jorge, interpretou “Amiga da Minha Mulher”, também da trilha da última novela das 21h.
“Antenado” com quem faz sucesso ao longo do ano, Roberto recebeu no palco Michel Teló para cantar o hit “Ai Se Eu Te Pego”, na sequência de “Meu Querido, Meu Velho, Meu Amigo”.
Intitulado “Reflexões”, o programa dirigido por Jayme Monjardim, o mesmo do show de Roberto em Jerusalém, em 2011, ficaria melhor com o título de “Repetições”. A sensação de que quase nada muda nos especiais do Rei combina, de fato, com o Natal, mas sempre deixa no ar a suspeita de que a pouca disposição do artista em surpreender o seu público é, na verdade, falta de imaginação.
Em tempo: O programa liderou com folga no horário, marcando média de 28 pontos, contra 7 do SBT e 4 da Record.

Fonte: Blog do Maurício Stycer

Nenhum comentário:

Postar um comentário