Quer ter tudo sobre o entretenimento televisivo em suas mãos? Esse blog é um dos melhores lugares

13 de fev de 2013

“O Pequeno Buda” ganha superprodução na Globo

       

A novela “O Pequeno Buda”, que estreia no horário das seis depois de “Flor do Caribe”, já vem ganhando investimentos pesados na Globo. A trama de Duca Rachid e Thelma Guedes terá a mesma equipe de “Avenida Brasil”, comandada por Ricardo Waddington, e será uma das grandes apostas do ano.
“Buda” já começou a ser pré-produzida antes mesmo da novela de João Emanuel Carneiro. Waddington e Amora Mautner vêm reservando nomes no elenco há meses, como Bruno Gagliasso, Mel Maia, Nathalia Dill, Carmo Dalla Vecchia, Marcos Caruso, Marcelo Serrado e Cauã Reymond. Ainda há negociações com Rodrigo Santoro, para uma importante participação.
Seis capítulos da trama já foram entregues para a direção da Globo. A primeira semana da história será bem movimentada, com a morte de um monge, que será reencarnado em uma criança aqui no Brasil. A vida dessa criança terá uma reviravolta com a vinda de um amigo desse monge.
As externas também vêm sendo escolhidas desde novembro passado. A equipe da trama visitou o Nepal e o Butão. A expectativa é que a produção possa superar “Cordel Encantado”, das mesmas autoras, considerada uma novela inovadora.
Com informações do UOL.

Um comentário:

  1. A novela “O Pequeno Buda”, que estreia no horário das seis depois de “Flor do Caribe”, já vem ganhando investimentos pesados na Globo. A trama de Duca Rachid e Thelma Guedes terá a mesma equipe de “Avenida Brasil”, comandada por Ricardo Waddington, e será uma das grandes apostas do ano.
    “Buda” já começou a ser pré-produzida antes mesmo da novela de João Emanuel Carneiro. Waddington e Amora Mautner vêm reservando nomes no elenco há meses, como Bruno Gagliasso, Mel Maia, Nathalia Dill, Carmo Dalla Vecchia, Marcos Caruso, Marcelo Serrado e Cauã Reymond. Ainda há negociações com Rodrigo Santoro, para uma importante participação.
    Seis capítulos da trama já foram entregues para a direção da Globo. A primeira semana da história será bem movimentada, com a morte de um monge, que será reencarnado em uma criança aqui no Brasil. A vida dessa criança terá uma reviravolta com a vinda de um amigo desse monge.
    As externas também vêm sendo escolhidas desde novembro passado. A equipe da trama visitou o Nepal e o Butão. A expectativa é que a produção possa superar “Cordel Encantado”, das mesmas autoras, considerada uma novela inovadora.
    Com informações do UOL.

    ResponderExcluir